Alegre brincar de viver

É leve a alegria de brincar de viver!

Tão profunda e intensa,

faz a paz acontecer.

Quando te provoco e ataco,

quando nos doemos de rir,

quando simplesmente nada

e o nada se faz tudo

num suave acalanto até dormir.

 

Profundas conversas,

entre lágrimas e descobertas,

entre admirações e canções,

aprendo de você,

contemplo a diferença,

encontro a sinergia

e tudo se faz doce, suave, profunda alegria.

 

Palhaços, bailarinas, pierrôs e equilibristas,

personagens que nos rodeiam,

que brincam com nossas vidas.

E sobretudo os mágicos:

oh, quanta magia!

Quanto encanto em multiplicações de coincidências!

Coincidências? Ou providências?

 

Providências do Terceiro da relação,

do Terceiro que faz a vida e o amor acontecerem.

Do Terceiro que sustenta,

que reconhecemos,

que contemplamos um no outro

e ao nosso redor.

Aquele que nos dá os dons

que desejamos tão intensamente viver.

 

Oh, que alegria é brincar de viver!

 

(18 de julho de 2016, a caminho da aula de dança)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s